Tomorrow never knows...

Tomorrow never knows...
It is not dying, it is not dying.

segunda-feira, 17 de maio de 2010

Again and again...

E eu fico no centro de um círculo rodando, rodando, rodando...
Um pião sem medo de girar rápido, sem medo de cair com força no chão e rodar.
E de repente paro. E volto. De novo, de novo e de novo.

O piãozinho de madeira se libertando da corda que o faz girar.
Aí o pião cai e pára. Piões também descansam. Piões cansam de rodar e girar às vezes.
É normal. Assim como viver...é normal se cansar e para isso descansar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário