Tomorrow never knows...

Tomorrow never knows...
It is not dying, it is not dying.

domingo, 2 de maio de 2010

Conversa de rodoviária.

Eu estava sentada naquele banco em frente às plataformas 2 e 3. Havia um senhor ao meu lado. Os olhos cansados, a barba comprida e uma roupa aconchegante. Ele me disse que vendia miniaturas feitas de latinha de refrigerante e cerveja.
O senhor estava resmungando. Dizia: "São todos mentirosos. Precisamos ficar espertos. Me diga - olhou-me com sua expressão passada - por que as pessoas mentem? A verdade não machuca ninguém".
Confesso que as palavras daquele homem me instigaram algo. Por que mentimos? Por que falar a verdade é difícil? Ou melhor, por que mentir é mais fácil?

Nenhum comentário:

Postar um comentário