Tomorrow never knows...

Tomorrow never knows...
It is not dying, it is not dying.

terça-feira, 18 de maio de 2010

O que? Não estou te ouvindo direito! Como é? Do que cê tá falando? Oiiii?!?!
Eu me sinto assim quando finjo que estou ouvindo o assunto desinteressante de alguém.
É como se eu ouvisse um zumbido instantaneamente e me transportasse para outro pensamento, tentando me distrair. Mas sabe que às vezes essa técnica não funciona? Impressionante como alguns assuntos idiotas penetram o nosso cérebro rapidamente e a gente nem consegue fugir deles.

Eu não quero ouvir o seu papo querido, o que eu estou fazendo aqui, hein? Só devo ter entrado pela porta errada e ter encontrado uma torneira de asneiras.
É claro que tudo é ponto de vista. No seu ponto com certeza a torneira de asneiras aqui, sou eu! Mas eu pouco me importo. Já me preocupo demais tentando fugir de umas idiotices. Não vou pensar se você pensa que quem leva porcaria pro mundo sou eu. Só vou pensar que nessa conversinha de merda, eu não entro mais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário