Tomorrow never knows...

Tomorrow never knows...
It is not dying, it is not dying.

sexta-feira, 18 de junho de 2010

Quarta-feira.

Descobri que nasci nos primeiros 30 minutos de uma quarta-feira em 1991. É por isso que esse é meu dia preferido da semana. E é por isso que eu sou boêmia e noturna como disse a Boo. Nasci com a bunda virada para a lua. Que lua será que era hein? Vai saber, aí é pedir demais. Minha mãe me ligou para dizer que lembrou quando me sentei na barriga dela e resolvi complicar tudo com meu cordão umbilical no pescoço. É isso aí. Daqui há 3 horas e meia eu vou ficar mais velha e terei um ano a menos de vida. Se for pensar que a gente pode morrer a qualquer momento isso nem faz sentido, mas a realidade é que o relógio anda ao contrário. Isso não me assusta. Às vezes eu até gostaria que ele andasse mais rápido e chegasse logo nos 60. Assim eu descansaria um pouco. Tenho tanta coisa para ver ainda. Tantas viagens a fazer, pessoas a conhecer, bebidas a beber e assim por diante.
Pela primeira vez na vida estou com depressão pré-aniversário. Isso tá me irritando, porque todos os anos eu conto os dias para esta data chegar e encho o saco de todo mundo, não deixando ninguém esquecer que é meu aniversário. Mas esse ano é diferente. Eu não estou feliz agora, minha cabeça e meu corpo doem. E não, eu não quero fazer sala pra ninguém hoje, desculpa. Amanhã tem uma festa e eu chamei um monte de gente. Acho que até lá eu me animo. Aliás, preciso né? Que clima de enterro.
Na verdade eu queria passar meu aniversário em qualquer lugar perto de lugar nenhum que ninguém soubesse quem eu sou. Podia ser uma quarta-feira e eu estaria usando alguma roupa cinza. Tomaria um chá de morango sentada em uma cadeira de balanço e o vapor embaçaria meus óculos, como sempre. Os meus momentos estão difusos e distantes. Não consigo tocá-los, só os enxergo de longe e desfocadamente. É a crise. Ninguém disse que nascer seria fácil, ainda mais chegar até aqui com tanta coisa já vivida. Acho que é cansaço. É um esgotamento prematuro eu diria. Mas tudo bem, as férias estão aí. Terei colinho de mãe e um banheiro com box de vidro só para mim durante vários dias. Sem falar na brisa geladinha do mar que todos os dias fará questão de me dizer um oi. Aí todos os dias serão quarta-feira e eu estarei usando cinza.

2 comentários:

  1. já que sou ser sortuda nasci em um domingo, as 11:45 hs e fui a única criança do berçário,ou seja eu sou espaçosa,mimida e preguiçosa !!

    ps: minha cor tb anda sendo o cinza quando não é o preto !

    ResponderExcluir
  2. nussa vc só faz aniversário uma vem por ano e fica nesse clima down
    porra!
    sei lá acho q vc merece um super felixxx aniversário e pra isso acontecer vc tem q sair dessa de cinza
    venha para o lado colorido da vida (sem menções ao haapy rock pois eu acho uma puta falta de sacanagem essa bandinhas " i was born in the 90's")
    Bjuxxx vc tem um futuro lindo

    ResponderExcluir