Tomorrow never knows...

Tomorrow never knows...
It is not dying, it is not dying.

sábado, 17 de julho de 2010

Não me venha com meios-termos. Com mais ou menos ou qualquer coisa.
Venha à mim com corpo, alma, vísceras, tripas e falta de ar.

Marla Queiroz

Nenhum comentário:

Postar um comentário