Tomorrow never knows...

Tomorrow never knows...
It is not dying, it is not dying.

sábado, 28 de janeiro de 2012

Dentre as coisas que tenho sentido
Sentido nenhum elas têm tido
Agora estou aqui sentada com esse vestido
Tentando entender o que foi perdido

Meus olhos marejados já não vêem nada
Acho que vou cair daqui de cima
Alguém me arruma uma escada?

Nenhum comentário:

Postar um comentário