Tomorrow never knows...

Tomorrow never knows...
It is not dying, it is not dying.

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Estranho sentir falta de alguém que nunca foi seu.
Alguém que você só pensou ser, por alguns segundos, um novo amor.
Uma paixão passageira, avassaladora, nervosa.
E tem mais adiante?
Não há dúvidas.
Até você chegar, sonhar é o que resta.
Espero. Quero, você aqui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário