Tomorrow never knows...

Tomorrow never knows...
It is not dying, it is not dying.

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Segui o horizonte
cheguei logo
de fronte
aos teus olhos de bronze

Coração triunfante
de desejos gigantes
Um sonho distante
realizou-se num instante

Naveguei nesse mar
onde o barco, chegou
a voar
Lá no ar, bem no ar

Segui o horizonte
Com seus olhos
 de bronze
logo de fronte

Naveguei nesse céu
onde as nuvens eram
como um véu

Meus sonhos...
teus lábios vermelhos
você no espelho
arrumando o cabelo


Naveguei nesse mar
onde o barco, chegou
a voar
Lá no ar, bem no ar



Nenhum comentário:

Postar um comentário