Tomorrow never knows...

Tomorrow never knows...
It is not dying, it is not dying.

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Coisa estranha no peito
uma dor que não sai
de nenhum jeito

Queria sair correndo
fugir e não voltar mais.
Um lugar desconhecido.
Vivendo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário