Tomorrow never knows...

Tomorrow never knows...
It is not dying, it is not dying.

sábado, 11 de janeiro de 2014

2014

Esse ano eu decidi, que vai ser grande.  Sempre tento sonhar coisas além da minha realidade.
Como costumo dizer, "Se eu desejo, é porque já está no plano invisível. Agora é trabalhar pra trazer para o plano visível." Lei da atração. Eu não posso querer ter algo que seja menor do que eu já possuo. Tem que ser igual ou maior. Sempre. Para que as evoluções e visões ocorram naturalmente...

Quantas vezes a gente se pega em meio aos pensamentos negativos, aqueles que você tem que enfrentar para crescer. Em contrapartida destes pensamentos, é que temos que pensar alto...sonhar longe.
Também existem sonhos que parecem estar longe, mas estão mais perto do que imaginamos.

Queria fazer uma daquelas resoluções básicas de ano novo...mas sou prolixa e aconteceu esse texto.
Só pra constar um dos maiores desejos desse ano, não é láááá do outro mundo assim, preciso habilitar-me. Dirigir. VRUUUUUUMMMMMMMMMMM...

Pois é, pequenas coisas também fazem diferença. É só saber valorizá-las como se fossem gigantescas.
Tenho outros sonhos, maiores. Mas estes estou guardando no meu coração e fortalecendo-os. Sei que na hora certa, virão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário